jornalpalavra

jornalpalavra

Beatriz Cameirão já viveu momentos de glória

A reguenguense Beatriz Cameirão, a jogar no Benfica e titular da Seleção Nacional fala da sua experiência e da sua curta, mas promissora carreira.

Fala-nos um pouco da época no Benfica e na Seleção, do teu trabalho em tempo de pandemia e do momento mais gratificante que viveste agora.
A época está a correr muito bem, ganhámos já a primeira edição da taça da liga, passámos duas eliminatórios não champions, no entanto perdemos com o Chelsea, mas foi um momento que serviu de aprendizagem e aquisição de conhecimentos! Estamos muito bem no campeonato e a nível individual tenho ajudado a equipa a alcançar vitórias e estou a ganhar muitos minutos a titular, no entanto. tenho que continuar a trabalhar porque a concorrência é grande. A Covid afetou-nos a todos, estamos a testar semanalmente, temos muitos cuidados bem como estamos a respeitar as normas para evitarmos qualquer tipo de surto no seio da equipa. A minha carreira, se é que posso chamar carreira, ainda agora começou, no entanto, já tenho alguns momentos gratificantes, como o meu primeiro golo com a camisola de Portugal, ganhar taça de Portugal, campeonato e taça da liga com o manto sagrado vestido e ainda o jogado na champions com 19 anos contra grandes referências mundiais de futebol feminino

Também deves ter um momento menos bom. Podes falar sobre isso!?
Claro que há sempre pedras no nosso caminho, mas que ajudam a crescer e por vezes não teres os minutos que desejas (seleções, até com os rapazes…) leva-te a baixo, no entanto, não foi por isso que deixei de trabalhar. Claro que as vezes duvidei do meu valor, mas levantei a cabeça e consegui seguir em frente e aqui estou eu a lutar e a trabalhar para cada dia ser melhor! E digo que sou uma sortuda pela maneira como as coisas se têm desenvolvido na minha vida e estou grata por isso … não tive nenhum momento menos bom que deixasse de ter vontade de continuar a trabalhar.

Quando falas em sorte, o trabalho tem obrigatoriamente que vir associado. O que dizes aos jovens em início de atividade apesar da tua curta carreira!?
Sem dúvida alguma que devem trabalhar sempre e nunca desistir dos sonhos que têm indepentemente das dificuldades que vão surgindo pois é com essas que nós crescemos e conseguimos elevar o nosso potencial! Acreditem em vocês em todos os momentos!