jornalpalavra

jornalpalavra

Foram adiados para 2022 os projetos CRO e BEM

Em reunião Ordinária de Câmara, realizada ontem dia 24 de novembro, o executivo pediu a transferência para o orçamento do ano 2022 do projeto conhecido como CRO que tem como objetivo a criação de um Centro de Recolha Oficial de Animais de Companhia.

Conforme noticiámos em fevereiro de 2020 e em maio de 2020, o Município de Reguengos anunciou um investimento de 156 mil euros no contexto do Programa de Concessão de Incentivos Financeiros para a construção e modernização destes centros.

De acordo com as informações prestadas pelo Vice-presidente da Autarquia, Francisco Grilo, foi pedido já à CCDR o adiamento destes projetos para o próximo ano, porque o orçamento é elevado na componente não financiada e é um projeto deficitário no que diz respeito às infraestruturas. Na opinião do executivo as infraestruturas exteriores ao projeto não estão incluídas o que representa para a Autarquia um agravamento em cerca de 100 mil euros.

O executivo não deixa cair o projeto, mas adia a sua execução para o ano de 2022.

Do mesmo modo e pela mesma razão é adiado o projeto conhecido por BEM, que tem em vista a requalificação do Campo de Futebol do Centro Desportivo, concretamente a colocação de um relvado sintético, também anunciado pelo anterior executivo e noticiado por nós. De acordo com esclarecimentos do atual Vice-presidente, o projeto foi a concurso público denunciado pelo segundo concorrente e dessa denúncia foi aberto processo em Tribunal. O projeto só pode avançar depois de resolvida a questão na justiça. Por outro lado, refere ainda Francisco Grilo, as infraestruturas da envolvente ao projeto não estão contempladas e há alterações a fazer ao projeto.