jornalpalavra

jornalpalavra

Semana da vida: ‘A vida que nos toca, a vida que sempre cuidamos’

A Semana da vida, celebrada em contexto de pandemia, recorda a necessidade de “cuidar” como forma de atender a quem se encontra em solidão. O tema do cuidar reparte-se p+or seis temáticas muito concretas: cuidamos do planeta, cuidamos da vida que nasce, cuidamos dos filhos, cuidamos dos jovens, cuidamos dos idosos e cuidamos da família.

A Igreja Católica celebra de 9 a 16 de maio a Semana da Vida que tem como tema “A vida que nos toca, a vida que sempre cuidamos”. Os bispos portugueses propõem como reflexão o tempo de pandemia e a necessidade de cuidar dos que vivem as maiores dificuldades provocadas pelo exigente isolamento. “No contexto de pandemia que temos vivido, a nossa vida foi marcada por tantas privações e dificuldades, veio mostrar-nos de forma mais clara a nossa fragilidade, mas por outro, conduziu-nos a saborear a vida como um bem tão precioso”.

A pandemia também proporcionou a oportunidade para o encontro mais próximo, mais habitual e mais demorado dos membros da família. “Foi-nos possível redescobrir o sentido da família, onde a vida acontece, a valorizarmos a importância dos amigos, quando tantas crianças e jovens se viram privados de se encontrarem, o lugar dos idosos na família e na sociedade, marcados por uma profunda solidão, mas no qual fomos sentindo a necessidade e o valor do encontro”.

A Vida é para ser gasta “uns com os outros”, é tempo de “dar e receber” e é para amar ainda que “no meio de dificuldades e dores”.

Os bispos portugueses recordam que “celebrar a Semana da Vida é não ficarmos confinados a alguns dias, mas um caminho que se abre a que sejamos capazes de não ficarmos estagnados, mas a encetarmos um caminho feito de entusiasmo e alegria, onde a rotina dá lugar à surpresa, onde o lamento dá lugar à esperança, onde a coragem é mais forte que o desânimo, onde o encontro quebra a solidão, onde o tocar a vida nos conduz ao cuidado”

A Semana da Vida tem início com uma celebração na capelinha das aparições em Fátima, às 15h00 e terá diversas atividades ao longo da semana, com destaque para a reflexão em vídeo, todos os dias, feita pelo Cardeal José Tolentino Mendonça.