Jornal Palavra https://jornalpalavra.pt Jornal Mensal - Reguentos de Monsaraz Wed, 28 Oct 2020 17:45:10 +0000 pt-PT hourly 1 https://wordpress.org/?v=5.5.1 Covid-19: Aumentam os casos positivos no Alentejo https://jornalpalavra.pt/covid-19-aumentam-os-casos-positivos-no-alentejo/ https://jornalpalavra.pt/covid-19-aumentam-os-casos-positivos-no-alentejo/#respond Wed, 28 Oct 2020 17:44:32 +0000 https://jornalpalavra.pt/?p=3120 O boletim epidemiológico nacional registou no dia de hoje mais 3.960 novos casos confirmados de infeção e 24 mortos relacionados com a covid-19. Este é o número mais elevado de novos casos de que há registo, o que preocupa as autoridades. No total em Portugal já se registaram 128.392 casos de infeção pelo novo coronavírus e 2.395 óbitos.

Das 24 mortes registadas a nível nacional apenas uma aconteceu na região Alentejo, onde se registaram mais 110 novos infetados nas últimas 24 horas. Contabilizando-se assim, no Alentejo, 2.558 com um total de 43 mortos desde o início da pandemia. Também nas últimas 24 horas foram dados como recuperadas 1.657 pessoas.

A grande maioria dos novos infetados situam-se na faixa etária dos 20 aos 59 anos.

]]>
https://jornalpalavra.pt/covid-19-aumentam-os-casos-positivos-no-alentejo/feed/ 0
Agora pode viver com mais conforto: Programa de Apoio a Edifícios Mais Sustentáveis já abriu candidaturas https://jornalpalavra.pt/agora-pode-viver-com-mais-conforto-programa-de-apoio-a-edificios-mais-sustentaveis-ja-abriu-candidaturas/ https://jornalpalavra.pt/agora-pode-viver-com-mais-conforto-programa-de-apoio-a-edificios-mais-sustentaveis-ja-abriu-candidaturas/#respond Wed, 28 Oct 2020 07:53:25 +0000 https://jornalpalavra.pt/?p=3111 Conforme noticiámos em setembro passado, o governo vai investir 4,5 milhões de euros no Programa de Apoio Edifícios Mais Sustentáveis que inclui um conjunto de incentivos para a promoção da eficiência energética dos edifícios e consequente descarbonização.

O programa dirige-se a cidadãos particulares proprietários de frações ou edifícios de habitação, construídos até ao final de 2006, e tem uma dotação de 4,5 milhões euros em 2020 e 2021 (1,75 milhões de euros este ano e 2,75 milhões de euros em 2021), proveniente do Fundo Ambiental.

A ideia é aumentar o conforto das habitações, porque Portugal é um país onde «existe pobreza energética e muitos edifícios estão muito longe dos padrões de eficiência energética significativa» e em que se gasta muita energia sem o necessário proveito para o conforto por deficiências técnicas estruturais.

Com este programa de aumento da eficiência energética, o gasto em energia será reduzido – «a energia mais barata é a que não se gasta», disse – e haverá «mais condições de conforto» ao mesmo tempo que será criada riqueza e emprego e «também aumenta o rendimento das famílias».

O programa prevê uma comparticipação de 70% até ao valor máximo de 15.000 euros por candidato e 7.500 euros por edifício ou fração autónoma.

A atribuição é feita por ordem de entrada para as candidaturas que estejam em conformidade com os critérios de elegibilidade.

Os beneficiários são pessoas singulares proprietárias de edifícios de habitação construídos até 2006 com ocupação.

 As tipologias de projetos a apoiar são:

  • Colocação de janelas;
  • Instalação de isolamento térmico;
  • Sistemas de aquecimento e/ ou arrefecimento;
  • Instalação de painéis fotovoltaicos.

A nível de financiamento, cada candidato está limitado a um incentivo total máximo de 15 000 euros, sendo o limite máximo por edifício unifamiliar ou fração autónoma de 7 500 euros. A taxa de financiamento é de 70%, com os devidos previstos no regulamento.

O único inconveniente é a obrigatoriedade de realizar o investimento antes de se candidatar. Só depois de realizar o investimento e pagar é que pode apresentar a candidatura para solicitar os 70% previstos no Programa. O investimento tem de ser feito com empresas certificadas e é necessário ter atenção no preenchimento da candidatura que não é simples e qualquer erro pode invalidar a atribuição da comparticipação.

As candidaturas já estão abertas e estendem-se até dia 31 de dezembro de 2021.

Para mais informações, consulte o link https://www.fundoambiental.pt/.

]]>
https://jornalpalavra.pt/agora-pode-viver-com-mais-conforto-programa-de-apoio-a-edificios-mais-sustentaveis-ja-abriu-candidaturas/feed/ 0
XVI Ciclo de Concertos “Música no Inverno” https://jornalpalavra.pt/xvi-ciclo-de-concertos-musica-no-inverno/ https://jornalpalavra.pt/xvi-ciclo-de-concertos-musica-no-inverno/#respond Wed, 28 Oct 2020 07:10:35 +0000 https://jornalpalavra.pt/?p=3105 A Associação Eborae Mvsica realiza, nos próximos meses de novembro e dezembro, o XVI Ciclo de Concertos “Música no Inverno”. A iniciativa, que decorrerá no Convento dos Remédios, em Évora, pretende enriquecer a oferta cultural da cidade nos meses de inverno.

O ciclo tem início no dia 7 de novembro, às 18h00, com o KVAR Ensemble ( Piano – Duarte Martins, Viola- Madalena Neto, Violino-Sara Lino, Violoncelo – Nuno Cardoso) e encerra dia 13 de dezembro, às 18h00, com um Concerto de Natal pelo Coro Polifónico Eborae Mvsica, dirigido pelo Maestro Eduardo Martins que irá apresentar em estreia a obra de João Nascimento, Missa – Nossa Senhora dos Remédios.

O programa completo e mais informação podem ser consultados aqui .

É necessário efetuar reserva prévia de bilhetes através de eboraemusica@gmail.com e é obrigatório o uso de máscara.

]]>
https://jornalpalavra.pt/xvi-ciclo-de-concertos-musica-no-inverno/feed/ 0
Terminaram as escavações nas Termas da Liberalitas Iulia https://jornalpalavra.pt/terminaram-as-escavacoes-nas-termas-da-liberalitas-iulia/ https://jornalpalavra.pt/terminaram-as-escavacoes-nas-termas-da-liberalitas-iulia/#respond Wed, 28 Oct 2020 07:00:00 +0000 https://jornalpalavra.pt/?p=3096 Foram dadas por terminadas as escavações arqueológicas das Termas Romanas situadas no edifício dos Paços do Concelho em Évora.

De acordo com informação dada no site do município os trabalhos realizados nas Termas da Liberalitas Iulia, nome dado a Évora durante a ocupação romana, “permitiram desvendar novas estruturas e alargam consideravelmente o entendimento de todo o complexo termal da cidade, destacando-se a escavação de uma zona, da qual resta apenas um troço circular, mas que pela projeção das suas dimensões seria uma sala semelhante ao espaço do laconicom (zona de banhos quentes), da mesma tipologia e cronologia, tratando-se, possivelmente, de uma sala de banhos frios – frigidarium”.

Foi ainda possível interpretar a existência de grandes blocos graníticos encontrados no local e que, numa avaliação prévia, farão parte de uma estrutura imponente, nomeadamente um pórtico que atingiria cerca de 8 metros e meio de altura”.

Durante os trabalhos que duraram pouco mais de um ano, foram feitos registos digitais e o levantamento fotogramétrico que pode ser divulgado junto do público.

]]>
https://jornalpalavra.pt/terminaram-as-escavacoes-nas-termas-da-liberalitas-iulia/feed/ 0
Aumentam os casos de Covid-19 no Alentejo https://jornalpalavra.pt/aumentam-os-casos-de-covid-19-no-alentejo/ https://jornalpalavra.pt/aumentam-os-casos-de-covid-19-no-alentejo/#respond Tue, 27 Oct 2020 15:12:22 +0000 https://jornalpalavra.pt/?p=3092

No dia em que se registaram 3299 positivos e 28 óbitos em Portugal, o Alentejo registou mais 12 casos positivos e 5 óbitos.

O número de internamentos também tem aumentado, registando-se em todo o país mais 75 em enfermaria e mais 13 em Cuidados Intensivos.

Relativamente ao Alentejo os surtos mais significativos são o de Vila Viçosa onde já se registaram 3 mortes e mantem-se o mesmo número de casos, 97 positivos dentro e fora do Lar da Santa Casa da Misericórdia.

Nos municípios com maior número de casos conhecidos encontram-se Redondo 30, Estremoz 57, Borba 39, Montemor-o-Novo 61, Évora 138.

Reguengos de Monsaraz regista neste momento, oficialmente 11 casos ativos estando um deles internado no Hospital do Espírito Santo, em Évora. Contabilizam-se várias salas de aula encerradas como medida cautelar devido a contactos com casos positivos.

]]>
https://jornalpalavra.pt/aumentam-os-casos-de-covid-19-no-alentejo/feed/ 0
Foi promulgada a lei que obriga ao uso de máscara na rua https://jornalpalavra.pt/foi-promulgada-a-lei-que-obriga-ao-uso-de-mascara-na-rua/ https://jornalpalavra.pt/foi-promulgada-a-lei-que-obriga-ao-uso-de-mascara-na-rua/#respond Tue, 27 Oct 2020 11:30:26 +0000 https://jornalpalavra.pt/?p=3091

Entrou hoje em vigor a obrigatoriedade de uso de máscara na rua sempre que não seja possível guardar o distanciamento necessário para evitar a propagação do coronavírus. Esta norma está em vigor durante os próximos 70 dias e determina obrigatório o uso de máscara aos maiores de dez anos para o acesso, circulação ou permanência nos espaços e vias públicas “sempre que o distanciamento físico recomendado pelas autoridades de saúde se mostre impraticável”. O não cumprimento desta norma pode ser penalizada com coimas que vão de 100 a 500 euros. Compete às forças de segurança a fiscalização para cumprimento da norma.

Estão dispensados desta obrigação as “pessoas que integrem o mesmo agregado familiar, quando não se encontrem na proximidade de terceiros” ou que apresentem um atestado médico de incapacidade multiusos ou declaração médica que ateste que a condição clínica ou deficiência cognitiva não permitem o uso de máscara e ainda pessoas cujo atividade seja incompatível com o uso de máscara.

O uso da máscara não é obrigatório em locais onde o distanciamento de mais de dois metros é cumprido.

]]>
https://jornalpalavra.pt/foi-promulgada-a-lei-que-obriga-ao-uso-de-mascara-na-rua/feed/ 0
Ministros da agricultura de Portugal e Espanha juntos em webinar https://jornalpalavra.pt/ministros-da-agricultura-de-portugal-e-espanha-juntos-em-webinar/ https://jornalpalavra.pt/ministros-da-agricultura-de-portugal-e-espanha-juntos-em-webinar/#respond Tue, 27 Oct 2020 11:04:43 +0000 https://jornalpalavra.pt/?p=3087 Webinar sobre “A Pecuária Extensiva face aos novos desafios da PAC” junta ministros da agricultura dos dois lados da fronteira

Pecuária extensiva dinamiza espaço rural e combate alterações climáticas

A Ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes e o seu homólogo espanhol, Luis Planas Puchades aceitaram o convite para participar no webinar sobre pecuária extensiva que vai ocorrer na próxima semana, dia 5 de Novembro, numa organização conjunta da ACOS – Associação de Agricultores do Sul, a União dos Agrupamentos de Defesa Sanitária do Alentejo, a Federação Andaluza de Agrupamentos de Defesa Sanitária Ganadeira (FADSG) e Cooperativas Agroalimentares de Espanha.

O evento, de participação gratuita, através de inscrição na plataforma Zoom, junta portugueses e espanhóis para refletir em conjunto sobre temáticas que preocupam agricultores e produtores pecuários dos dois lados da fronteira, relacionadas com “A Pecuária Extensiva face aos novos desafios da PAC”.

Os organizadores do evento salientam que “a pecuária extensiva é uma atividade promotora da dinamização do espaço rural, da proteção do meio ambiente e da fixação de população nas zonas de interior. A partilha conjunta de informação, à escala ibérica, deve ser encarada como uma oportunidade única para o futuro, até porque a crescente urbanização da sociedade revela um preocupante desconhecimento sobre a importância da agricultura, da pecuária e da floresta como um todo vital para a defesa da biodiversidade, para o desenvolvimento rural e para o combate às alterações climáticas. É oportuno e urgente dar a conhecer este importante sector de produção, de forma objetiva e séria, e reclamar medidas de política no âmbito da nova PAC tendo em vista a sua sustentabilidade”.

De sublinhar que o webinar surgiu na sequência do cancelamento, devido à Covid-19, de um congresso luso-espanhol agendado para Beja durante dois dias, em Novembro, sobre a mesma temática.

O programa completo e a ficha de inscrição podem ser acedidos através do seguinte link: https://congresso-pecuaria-extensiva.pt/programa/

]]>
https://jornalpalavra.pt/ministros-da-agricultura-de-portugal-e-espanha-juntos-em-webinar/feed/ 0
Autarquia de Reguengos de Monsaraz não devolve IRS aos munícipes https://jornalpalavra.pt/autarquia-de-reguengos-de-monsaraz-nao-devolve-irs-aos-municipes/ https://jornalpalavra.pt/autarquia-de-reguengos-de-monsaraz-nao-devolve-irs-aos-municipes/#respond Tue, 27 Oct 2020 08:13:32 +0000 https://jornalpalavra.pt/?p=3084
Foto JN

Na lista das autarquias sobre a devolução do IRS em 2020, apenas três municípios do distrito de Évora devolvem uma parte do IRS aos seus munícipes, Borba com 0,5%, Vila Viçosa com 1,5% e Redondo 2%.

De acordo com notícias veiculadas por vários meios de comunicação social nacional, são cada vez mais as autarquias a aderir à iniciativa de devolver o todo ou a parte do IRS aos munícipes. Olhando para o mapa percebe-se que o Alentejo ainda não está sensibilizado para esta medida e particularmente o distrito de Évora mostra-se muito indeciso em avançar no sentido de favorecer o seus contribuintes já sobrecarregados de impostos, apesar de nos últimos anos se viverem situações graves de crise. Reguengos de Monsaraz não é exceção no distrito e ainda não decidiu devolver nem uma pequena parte aos contribuintes. É verdade que o município de Reguengos todos os anos canaliza 50% do total do IRS para “a despesas no âmbito do Cartão Social do Munícipe”. Também é verdade que o outros municípios também têm Cartão Social do Munícipe.

Todos os anos os Municípios recebem 5% do IRS cobrado aos residentes nos respetivos concelhos e podem gerir esse montante como entenderem de acordo com a decisão da Assembleia municipal. Este benefício fiscal aplica-se tanto a quem recebe IRS no momento da liquidação como quem tem de pagar. Ou seja, se na altura do acerto de contas com o fisco tiver imposto a receber e o seu município der o desconto, a sua conta ficará mais recheada. Caso tenha de pagar imposto, pagará menos.

]]>
https://jornalpalavra.pt/autarquia-de-reguengos-de-monsaraz-nao-devolve-irs-aos-municipes/feed/ 0
Município de Reguengos publica normas para visita a cemitérios https://jornalpalavra.pt/municipio-de-reguengos-publica-normas-para-visita-a-cemiterios/ https://jornalpalavra.pt/municipio-de-reguengos-publica-normas-para-visita-a-cemiterios/#respond Mon, 26 Oct 2020 19:10:05 +0000 https://jornalpalavra.pt/?p=3070

O presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz publicou a “medidas preventivas com vista à contenção do novo coronavírus – acesso aos cemitérios entre os dias 30 de outubro e 3 de novembro de 2020”.

A responsabilidade pelo horário de abertura e encerramento dos cemitérios é da responsabilidade das respetivas Juntas de Freguesia e serão divulgados pelas mesmas nos locais e meios habituais.

Relativamente à entrada e permanência no espaço dos cemitérios, tendo em conta a situação de calamidade em vigor até às 23h59 do dia 31 de outubro, o Município determina e dá a conhecer através de Edital as seguintes normas:

A entrada deve ser feita de forma faseada de modo a garantir que dentro dos cemitérios esteja um número reduzido de pessoas.

a) Só deverão entrar, em simultâneo, duas pessoas por cada campa e permanecer o tempo estritamente necessário, com o máximo de 30 minutos, para proceder ao culto, limpeza e asseio das campas;

b) Desinfeção obrigatória das mãos, com gel desinfetante, à entrada e à saída;

c) Uso obrigatório de máscara e luvas;

d) Proibição de partilha de objetos de limpeza, devendo cada pessoa levar os seus próprios utensílios;

e) Deverão ser cumpridos os circuitos específicos de entrada e saída no interior dos cemitérios, de modo a evitar proximidade entre os visitantes;

f) Deverá ser mantido o distanciamento social mínimo recomendado pela Direção-Geral de Saúde (2 metros);

g) É recomendável que se evitem as deslocações aos cemitérios de pessoas pertencentes aos grupos mais vulneráveis;

 

]]>
https://jornalpalavra.pt/municipio-de-reguengos-publica-normas-para-visita-a-cemiterios/feed/ 0
“Plano SIM” um projeto da Arquidiocese de Évora https://jornalpalavra.pt/plano-sim-um-projeto-da-arquidiocese-de-evora/ https://jornalpalavra.pt/plano-sim-um-projeto-da-arquidiocese-de-evora/#respond Mon, 26 Oct 2020 18:39:32 +0000 https://jornalpalavra.pt/?p=3068

O Departamento da Pastoral das Vocações da Arquidiocese de Évora deu início a um projeto chamado “PlanoSIM”. Em que consiste este plano? É uma proposta que pode mudar a tua vida. É assim que se anuncia aqui: bit.ly/oplanosim. Trata-se de uma proposta de discernimento vocacional que pode comprometer todos os que se inscreverem. Vai decorrer ao longo do ano e promete gerar encontro entre pessoas diferentes, com diversas opções vocacionais. O Plano tem dois percursos, um para os que procuram e outro para os que já encontraram. Ao longo do ano uns e outros vão-se encontrando e conhecendo à medida que se ajudam mutuamente. As dinâmicas de interação vão sendo apresentadas pelo Departamento diocesano.

Inscreve-te: bit.ly/oplanosim

]]>
https://jornalpalavra.pt/plano-sim-um-projeto-da-arquidiocese-de-evora/feed/ 0