Torre – Parque Natural da Serra da Estrela

Sabe o que são MARIOLAS?!

Provavelmente, muitos já as viram e consideram algo que merece ser fotografado para colocar nas redes sociais, mas poucos sabem o que são e para que servem as MARIOLAS!

No passado, as mariolas dispersas pelas serras portuguesas tinham a função de orientar os pastores em situações atmosféricas extremas como a neve e o nevoeiro! Atualmente, esses montes de pedras sobrepostas que perduram no tempo, continuam a exercer a mesma função, orientando os caminhantes que se aventuram pelos seus trilhos e que, por isso mesmo, devem continuar a ser preservadas!

Em pleno séc. XXI, a invasão da réplica desmesurada de vários milhares de MARIOLAS em áreas protegidas feitas por visitantes esporádicos que desconhecem o seu verdadeiro significado e função como, por exemplo, as existentes no Parque Natural da Serra da Estrela (Torre, Foz de Égua,…) e no Parque Natural da Costa Vicentina (Milfontes, Sagres,…), entre outros, é algo que não faz sentido e deverá ser PROIBIDO, uma vez que desvirtua o próprio conceito de NATURAL, ou seja, sem intervenção humana!

Foz de Égua – Parque Natural da Serra da Estrela

A alta concentração das supostas MARIOLAS, para além de escamotear o aspeto natural da paisagem, contribui para a destruição do habitat de inúmeras espécies de plantas e animais autóctones.

Imitar a construção de Mariolas em áreas protegidas não é arte, nem algo místico, mas apenas um mero ato inconsciente de pessoas que precisam de ser educadas para a preservação e conservação da natureza, por isso, apelo ao fim deste CRIME AMBIENTAL para não falar da quantidade de lixo abandonada sem qualquer pudor!

Pessoalmente, considero que são precisos mais VIGILANTES DA NATUREZA e os extintos GUARDA-RIOS para protegerem de forma pedagógica o que de melhor temos no nosso país!

Porque não basta só falar, mas é preciso agir, por isso, convido todos aqueles que se reveem neste problema ambiental que prolifera por todas as áreas protegidas do nosso maravilhoso país ostentador do melhor clima e das mais belas paisagens do mundo, a assinarem a petição pública que leva apenas 1 min e a partilharem a mesma.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *